Idosa reconhece suspeito

A aposentada Maria Basílio da Silva, de 68 anos, reconheceu no final da tarde de terça-feira José Francisco da Silva como sendo um dos autores da tentativa de assalto praticada na manhã do mesmo dia, na rua Areia Branca, em Macaíba, Grande Natal.

José Francisco e uma mulher ainda não identificada teriam entrado na residência da idosa disfarçados de agentes de saúde para tentar praticar o crime.

“Eles chegaram logo depois que um agente de saúde saiu. Achei estranho, mas deixei eles entrarem. A mulher estava até com a farda dos agentes de Macaíba”, contou a aposentada,  com ferimentos no olho, no nariz, nos braços e, sobretudo, no abdômen, sofridos na tentativa de assalto. Depois de entrarem na residência, o casal foi até o quintal, ainda fingindo um trabalho de combate a dengue e, então, anunciaram o assalto.

“Ele me levou para o banheiro e resisti muito. Puxei o revólver dele, tentei reagir a todo custo. Ele me deu vários socos, joelhadas no abdômen. Gritei. Pedi socorro. Até que ele pegou a toalha de rosto do banheiro e tentou me estrangular. Enquanto isso, a mulher que estava com ele gritava o tempo todo: ‘atira nela, atira nela’”, contou Maria Basílio.

Enquanto mandava o companheiro atirar, a mulher disfarçada de agente de saúde procurava no quarto da aposentada algum objeto de valor.

Depois de alguns minutos nessa situação, deu para ouvir de dentro da casa os vizinhos comentando o possível assalto. “Eles ficaram nervosos porque os vizinhos disseram que iriam chamar a Polícia. Aí correram, saíram pelo portão e tentaram fugir a pé”, contou a vítima.

José Francisco da Silva foi alcançado por populares e detido. Até a Polícia chegar, os moradores ainda tentaram linchá-lo, mas o filho de Maria Basílio, Edmilson Basílio, levou-o até à residência que ele tentou assaltar. Em depoimento na Delegacia de Macaíba, para onde foi encaminhado, o suspeitou afirmou ter agido sozinho.

“Tenho certeza que ela estava junto. Depois, inclusive, os populares ainda chegaram a alcançá-la na rua, mas como ela estava vestida de agente de saúde e disse que não tinha nada a ver com a história, liberaram ela.

A arma utilizada no crime, ela deve ter guardado na bolsa”, contou Maria Basílio. Segundo a aposentada, a mulher que conseguiu fugir tem, aproximadamente, 1,70 metro de altura, está um pouco acima do peso, é loira e tem olhos verdes.

Fonte: Tribuna do Norte

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: